CARREGANDO

Digite para buscar

Reportagens

Chacina de Osasco: Dia de Julgamento

24 de setembro de 2017

Dois policiais militares e um guarda civil municipal foram condenados na tarde desta sexta-feira, dia 23 de setembro, por participar da Chacina de Osasco, em 13 de agosto de 2015. Na ocasião, 18 pessoas foram assassinadas no município, em Barueri e em Itapevi, na Grande São Paulo. A Justiça entendeu que as mortes foram motivadas por uma vingança pelo assassinato de um policial e um guarda civil da região.

Ao todo, entre os dias 8 e 15 de agosto de 2015, foram 23 ataques que resultaram em 37 mortos, fazendo desta uma das maiores chacinas da história do estado de São Paulo.

Os policiais militares Fabrício Eleutério e Thiago Henklain e o guarda civil de Barueri Sérgio Manhanhã foram condenados somente pelas mortes do dia 13 de agosto pelo Tribunal do Júri. Fabrício pegou 255 anos de prisão, Thiago 247 anos e Sérgio foi condenado a 100 anos atrás das grades. Um terceiro PM, Victor Cristilder Silva dos Santos, não foi julgado porque espera decisão de um recurso que fez contra o julgamento pelo Tribunal do Júri.

“Foi uma vitória para a periferia, para as outras mães. Vamos em frente e a luta vai continuar. A única coisa que eu peço é pra parar de matar”, disse Zilda Maria de Paula, mãe de um dos assassinados de Osasco.

 

Reportagem feita em parceria com o Brasil de Fato.

Reportagem: Caio Castor, Vitor Labaki e Pedro Ribeiro Nogueira
Imagens e edição: Caio Castor e Pedro Ribeiro Nogueira
Finalização: Rica Saito

Tags:

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *